segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

E LÁ SE FOI O BRASILEIRÃO 2010

A despedida do Morumbi e do meu TRICOLOR em 2010 não poderia ser melhor. Fazia tempo que não via meu time fazer 4 gols de diferença. Rs! E a vítima da vez foi o Atlético-MG. Ilsinho, Lucas, Marlos e Renato Silva fizeram a alegria da torcida que foi ao Morumbi, mesmo debaixo de chuva. Aliás, falando em chuva, só alguém tão fanático como eu e meus amigos para ir ao Morumbi, assistir a um jogo que não valia nada e ainda debaixo de um temporal.

O jogo foi todo do São Paulo. E foi bom ver a molecada entrosada, buscando o gol, mostrando futebol. Um bom aperitivo do que teremos ano que vem. Carlinhos Paraíba, que finalmente se acertou em campo, vai ser uma peça importante do São Paulo 2011. Idem para Lucas, Lucas Gaúcho e Zé Vitor. Rogério Ceni, sem palavras, mal foi exigido. E a grande despedida ficou para Jorge Wagner. O grupo interrompeu o jogo na substituição do jogador para abraçá-lo, e a torcida viu um atleta emocionado, beijar o símbolo no nosso time do coração. O SPFC perde um exemplo de profissional. Vai para o Japão para terminar sua carreira e garantir o fututo financeiramente. Merece, por tudo o que fez no meu TRICOLOR.


A tarde foi de homenagem também a Rickarlyson, que ganhou uma placa das mãos do JJ e se despede do São Paulo, ainda sem clube definido. Fica aqui o meu agradecimento também pela sua dedicação ao time. Claro que sua passada pelo São Paulo também ficou marcada por algumas expulsões desnecessárias, mas ninguém pode negar que se dedicou ao clube e que merece ser homenageado. Me emocionei com sua despedida na sexta-feira.


Agora é aguardar os reforços, as renovações, as permanências e as possíveis despedidas. O próximo mês é o mais chato, na minha opinião. A falta de assunto, faz com que a imprensa fique especulando demais a vinda de este ou outro jogador, em todos os clubes. Um saco. Mas, espero que comecemos o ano com uma boa preleção e de cabeça erguida para buscar o título paulista, da Copa do Brasil e da Sulamericana. 2011 promete!

Mais um Brasileiro se foi. E 2010 vai ficar para a história com um campeão que em 2 anos saiu do rebaixamento de forma inacreditável, diretamente para o título brasileiro. Mérito da diretoria, mérito dos jogadores e mérito do melhor técnico do Brasil. Muricy Ramalho, o cara que nos deu 3 Brasileirões seguidos, agora teve mais uma recompensa. Disse, logo após o jogo, que sonhou com Telê Santana. E agora realiza mais um sonho do mestre. Depois de 3 títulos no clube que consagrou Telê, agora vence o campeonato mais difícil, no time de coração do eterno professor. Destino e predestinação. Competência e sorte. Parabéns, Muriçoca!!! O título ficou com o clube merecedor.






2 comentários:

Débora disse...

Muriçoca mereceu mesmo!! Melhor técnico do país, fácil fácil.
Vice em 2005, Campeão em 06, 07, 08 e 10.

E que o nosso TRIcolor se prepare bem para os desafios de 2011!

Vamo que vamo Tricolor!

Pi, Pinga, Perescila...whatever! disse...

Queria ter visto a despedida do Richarlyson, li em varios lugares que foi bem emocionante mesmo.
Esse ano nao foi nosso, mas 2011 está aí. Começar de novo e melhor!!!
Saudaçoes tricolores.