sexta-feira, 1 de março de 2013

QUE SUFOCO!

Alguém sabe qual foi a melhor coisa do jogo de ontem?

Não foi Luis Fabiano voltar a fazer gols no Morumbi. 

Não foi o primeiro gol, de empate, que tirou a gente da tensão. 

Não foi a torcida presente. 

Não foi o respeito da organizada em não acender um sinalizador sequer. 

Não foi a bela partida de Osvaldo.

A melhor parte do jogo de ontem é que nós podemos ter certeza de que não tem como o TRICOLOR jogar pior de que jogou ontem. Minha nossa, que sufoco! Foi na força, na raça, no empurrão...mas a vitória veio.

Cortez e Douglas...sério....não foram pro jogo, principalmente o lateral esquerdo. Que partida pífia, minha nossa. Acho que esquentar um banco não faz mal a ninguém. Carleto entrou bem na última partida, acho que merecia uma chance.

O jogo foi muito mais complicado que eu imaginava que seria. Não pelo adversário, claramente muito fraco. Mas por erros do próprio São Paulo. Erros de passes - muitos -, desconcentração, desantenção...um show de horror. 

E uma tensão só nas arquibancadas (eu ainda morro disso).

Tudo bem, a gente sabe que Libertadores é isso aí. Jogo pegado, placar apertado, nada de goleadas e tudo mais. Mas não precisa apresentar um futebol tão ruim como ontem, né, São Paulo. Pega leve com a torcida....

Agora, que venha o Arsenal, outro time considerado fraco no nosso grupo. O São Paulo mudou o jogo para o Pacaembu e a torcida tem que comparecer prá empurrar o time. Temos um grande retrospecto no estádio público. Várias goleadas e vitórias importantes nos últimos jogos. É hora de ir prá cima!

Mas, por favor, laterais, um pouco mais de responsabilidade. Volantes, Wellington e Denilson, vamos voltar a jogar, vamos!? A zaga tem ficado muito vulnerável. Se é um time mais bem preparado, é gol na certa. Lúcio, monstro, sempre focado e Tolói, é a sua chance, garoto. Jadson e Ganso, jogando juntos ou não, o funcionamento da máquina TRICOLOR depende de vocês. Concentrem-se quando estiverem em campo. Osvaldo, meu garoto, que disposição. Não há palavras prá te agradecer o esforço. Luis, meu querido, foco....sempre! A gente precisa de vocês...muito!

Foto: Paulo Pinto / saopaulofc.net
Eu quero essa Libertadores. Demoramos dois longos anos prá voltar, mas é a nossa competição. Somos soberanos nela, mas sempre com humildade e perseverança. Nada virá fácil, a torcida sabe, mas quero virar o semestre campeã. 

Eu acredito, basta vocês também acreditarem...

3 comentários:

TheGhostRider disse...

Tânia,
pode me xingar mas não achei q o jogo foi tão ruim assim.
O jogo não foi como eu esperava, 2 vira 4 acaba mas a vitória valeu.
Não vamos entrar na bipolaridade sobre ser corneteiro e não penso isso mas acho q tivemos os maus desempenhos individuais q vc citou só q no geral achei que o time não foi tão mal. Parece até contraditório mas cito como exemplo que a dupla de zaga, foi bem individualmente mas como dupla ainda precisa mais entrosamento e treinos...muitos treinos.
Ainda bem q não perdemos , senão ficaríamos surdos com os sons das cornetas !!! rsrsr

bjs

Gilson

Tânia Barbato disse...

Super respeito sua opinião, você sabe. E odeio cornetar o time, mas ontem achei o time displicente demais!

Talvez o que você disse a respeito da zaga, de jogar em dupla, deva se aplicar ao time. Eles precisam jogar como TIME. Não temos mais o Lucas com suas jogadas individuais e não é justo jogar tudo, sempre, na conta do Osvaldo.

No mais, quinta estaremos lá de novo. Acho que será uma apresentação melhor!

Flávia Bigai Coleta disse...


...Há exatos dois anos atrás estive no Estádio Hernando Siles em La Paz, na Bolívia, na qual o Strongest manda a maioria de seus jogos, apesar de possuir um estádio com capacidade para 15.000 torcedores.
Presenciei nas ruas a paixão que os bolivianos tem pelo futebol, é fato que o futebol boliviano não possui a tradição que seus torcedores desejariam, mas isso não os impede de serem apaixonados por seus times (será impossível esquecer a morte prematura de Kevin)
O Strongest não deixa de ser um time tradicional pelo menos na Bolívia, portanto quem disse que seria fácil?
Mas realmente: Cortez já está fazendo hora extra no time, Lúcio deixou a desejar no jogo contra o São Caetano e não me canso de elogiar Osvaldo e Wellington!! Também acredito no Ganso!!! Não assisti ao jogo ontem, mas belo texto!
Parabéns pela iniciativa!!!