sexta-feira, 30 de abril de 2010

Desabafo de uma torcedora

Não consegui meu ingresso para ver o segundo jogo da Final do Paulistão. É triste, pois eu gostaria muito de apoiar o time e participar da festa.

Estar no estádio é a emoção máxima do futebol! Só me apaixonei pelo Santos quando vi, na Vila Belmiro, a torcida cantar junta. Coisa que não se sente de casa, não se sente de nenhum outro lugar.

Mas o que de fato lutou contra a minha vontade de ir foram os preços dos ingressos e o desrespeito com os torcedores na organização da venda.

No dia 21 de abril foram abertas as vendas para o primeiro jogo da final. Depois de uma fila de quase SEIS horas, ingresso em mãos. A justificativa para tamanho desrespeito não veio. Mentira deslavada dizer que, depois da vitória, fiquei pensando na fila. Voltei para casa com sorriso estampado no rosto. Felicidade completa.

Depois veio o anúncio da alteração no preço dos ingressos. Supostamente, para compensar a meia-entrada dos sócios, os preços tiveram um aumento de até R$ 70,00. Os mesmos sócios que seguram o time nas fases ruins e que passaram por dificuldades para adquirir seus ingressos, que foram disponibilizados para venda no meio da semana, em pontos nem sempre fáceis de acessar, e que tinham poucas opções de forma de pagamento disponíveis na internet.

Na quinta-feira os ingressos foram disponibilizados para a torcida e filas enormes se formaram em todos os pontos de venda. O desrespeito se repetiu. Pessoas com direito a atendimento preferencial (gestantes, idosos, etc.) passaram cerca de 4 horas na fila, enquanto a fila comum durou pelo menos 6 horas.

Admiro os guerreiros que ficaram na fila para ver o seu time jogar. E me sinto envergonhada pelo jeito como essas pessoas foram tratadas. Como eu fui tratada.

É um desabafo santista! Mas é também o desabafo de todas as torcidas que sofrem com o desrespeito dos dirigentes com seus preços abusivos e condições indignas para os torcedores.


Santos, sempre Santos!

Por Naila Guimarães

2 comentários:

Cami disse...

é uma situação que não se limita a um ou dosi times. Os torcedores de todos os grandes enfrentam essa humilhação. Eu, já dormi (mentira, passei a noite)na porta do pacaembu pra conseguir ingresso pra final do Paulista de 1009, justamente contra o Santos. Após 13 horas na fila, a bilheteria abriu com um de atraso e os ingressos SUMIRAM em 50 minutos!!!!!
Não é possível que todos os ingressos postos à venda tenham desaparecido tão rapidamente....é no minimo de se estranhar. Me recusei a ir ao estádio desde então. Mesmo que muitas vezes tivesse que brigar contra minha própria vontade...é uma pena, não há festa mais linda do que as torcidas no estádio...

Lugar de mulher é no estádio disse...

É Naila. Com certeza essa é uma situação que não cabe somente ao Santos. Infelizmente, em São Paulo, a venda de ingressos para grandes jogos é bagunçada, desespeitosa e sem qualquer organização. Alguns clubes, como o São Paulo, têm tomado algumas atitudes bacanas para ajudar e facilitar a vida dos torcedores. Eu, por exemplo, tenho o plano de Sócio Torcedor. Compro os ingressos pela internet, sem fila, sem demora, sem bilheteria. Pago uma taxa de 10% por isso, mas vale a pena. Ingresso para amanhã, por exemplo, está comprado desde quinta, já que os Sócios podem comprar antes de todos. E, mesmo que eu queira ir até o Morumbi comprar ingressos, tenho uma fila só para Sócio, guichê especial e de desconto de 50% no valor. INCRÍVEL. Já precisei do sócio em finais de brasileiro e libertadores e sempre tive meu ingresso.
Todos os clubes deveriam seguir esse exemplo, como Corinthians já tem feito. Ou então, como o Inter, que vende carnê para sócios do clube, que já compram antecipados todos os jogos em casa, no começo do ano.
Enfim. Melhorias que só ajudariam os torcedores e ao futebol para que fique mais bonito.
Por falar em bonito, cadê seu post sobre a vitória do Santos ontem hein!? Vamos, campeã!!!
Beijo
Tân